segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Limpeza do seu Pc: Softwares gratuitos vão transformar a carroça do seu computador numa verdadeira máquina

ÁRVORE DE PASTAS No processo de limpeza do analista, o próximo software que usa é o Tree Size Free, que também é pequeno, bem simples e leve. Ele cria uma espécie de árvore que mostra todas as pastas existentes, com seus devidos tamanhos e pesos. “Dessa forma, você vai poder fazer backups, ver o que usa e não usa e o que está esquecido lá dentro e que poderia ser descartado. Mostra também quais arquivos e pastas estão ocupando mais espaço em seu disco, faz o cálculo do tamanho deles e o que cada um representa para o processo. Ele faz os cálculos em KB, MB e GB, ou seja, fornece informações bem detalhadas. Às vezes, uma pasta está com um filme baixado que você nem se lembrava mais que o tinha arquivado e que apenas está pesando o sistema.”

O Vanity Remover é o terceiro software que ele usa no processo. Leve, o programa localiza e elimina pastas vazias, aquelas que não têm tamanhos consideráveis, mas que em grande volume podem ser uma dor de cabeça, pois gastam recursos de processamento pelo simples fato de existirem. “Para piorar, as pastas aparentemente vazias podem conter arquivos ocultos. É preciso, entretanto, cuidado para não apagá-las antes de ter certeza de que não interessam. O processo de uso do Vanity é também bastante fácil, bastando apenas dois passos para aproveitar seus recursos”, diz.

IMAGENS E ÁUDIO Para procurar por imagens duplicadas e removê-las, o Duplifinder é o programa indicado por Bruno Souza, pois faz varredura das imagens com mesmo tamanho e nome, permitindo, assim, se livrar, por exemplo, de fotos repetidas. “Muitas vezes, você tem a mesma imagem no arquivo, fotos a revelar com cópia no local de origem e nas suas comunidades sociais. Ou seja, elas vão se multiplicando em pastas e pesando. O programa identifica-as e as exibe para que você avalie se são realmente iguais o que quer fazer com elas: deletar ou manter.”

Já para áudios duplicados, o que ele indica, entre outras opções, é o uso do Similarity, que identifica arquivos iguais, principalmente de músicas. “Ficar ouvindo todos os arquivos para ver se há repetição é trabalhoso e demora. O software trabalha fazendo uma varredura em busca de arquivos gêmeos de áudios. Cria, então, uma lista com os idênticos e, nessa play list, você poderá executar as músicas encontradas, definir se são iguais ou não e o que quer fazer com elas”, informa.

Por último, para deixar a máquina voando, o analista de suporte faz uma desfragmentação do disco e, para isso, usa o programa Defraggler. O próprio Windows oferece um desfragmentador, mas para usá-lo é preciso abordar todo o conteúdo do disco rígido. “O Defraggler oferece mais opções, pois atua somente nos locais que você definir”, diz ele, explicando que desfragmentar significa organizar os arquivos do sistema. Trata-se de um aplicativo que visa melhorar a velocidade com que o computador lê as partições de arquivos fragmentados (separados). “Como o nome já diz, ele procura em todo o disco por arquivos fragmentados e os une novamente, tornando a leitura deles mais fácil e rápida, propiciando mais desempenho. Trata-se de um processo fácil e intuitivo, que qualquer usuário pode fazer”, garante.

Bruno Souza lembra que tais ferramentas e recursos fornecem realmente mais performance e rapidez à maquina, desde que sejam esses os problemas causadores da lentidão. “Algumas vezes, o computador está mesmo é pedindo um backup de peças e componentes. Em outras, a situação envolve ataques, o que se resume a uma questão de segurança. Os vírus normais podem ser combatidos pelas vacinas conhecidas. Mas há também os ataques ao sistema operacional. Só uma formatação, que deve ser feita regularmente, é que impedirá qualquer tipo de infecção.

Seu computador limpo em 5 passosPara além da metáfora da "limpeza" de programas e sistemas, a sujeira física pode atrapalhar o desempenho do PC. Então, o negócio é colocar a mão na massa. Ou melhor, em paninhos, detergente e água limpa. Para não ter uma experiência chocante, não se esqueça de desligar o computador da tomada antes da faxina e mãos à obra!

1- Teclado

Comece virando o teclado para baixo e dando tapinhas na parte de trás. Esteja preparado: o que vai cair na sua mesa é bem nojento – com direito a migalhas dos biscoitinhos de 2010 inteiro. Depois, com um cotonete molhado em uma solução de muita água e pouco detergente, deslize entre e  sobre as teclas. Por fim, passe um pano seco.

2- mouse

A base e o corpo podem ser limpos com pano um pouco úmido. Em caso de mouse de bolinha, a dica é abrir a tampa, retirar a parte esférica e limpá-la separadamente dos sensores. Às vezes, acumula-se, na parte interna do periférico, uma crosta de sujeira. Para removê-la, vale limpar, delicadamente, com um palito de dentes.

3- monitor

Cuidado ao escolher o pano para limpar a tela do seu monitor: flanelas são ideais, para evitar riscar o vidro. Depois de limpar com o pano úmido, passar um outro, seco.

4- fora do gabinete

Retire todos os cabos, passe espanador ou aspirador e limpe as entradas com pano umedecido na solução de muita água e pouco detergente. É bom ter cuidado para que o pano não esteja muito úmido. Em seguida, retire o excesso, com outro pano (este úmido apenas com água mesmo) e por fim, passe um pano seco.

credito:em.com.br/estado de minas/cienciasetecnologia

FELIZ ANO NOVO A TODOS!!!
Pessoal estou indo viajar,mais logo estou de volta..e mostrarei aonde fui..oks..
besitos e ate mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário